Ética e Competência de Terezinha Azerêdo Rios



RIOS, Terezinha Azerêdo. Ética e competência. 10. Ed. São Paulo: Cortez, 2001. – (Coleção Questões da Nossa Época; v.16)

Terezinha Azerêdo Rios é mestra em Filosofia da Educação pela PUC – SP. Exerce a função de professora de filosofia da educação, e já escreveu várias obras filosóficas e cunho educacional. Ética e competência já está em sua décima edição e foi publicada em 2001, pela editora Cortez, a qual está localizada na cidade de São Paulo.

O pensamento de Terezinha Azerêdo tem uma forte relação com outros teóricos, que tem como temática a ética e competência, pois esta pode contribuir e muito com o contexto frente a um mundo globalizado inerente a educação, sociedade e trabalho; relacionando a uma íntima ligação entre a formação do educador e o aprendizado do discente em relação à dimensão técnica e dimensão política caracterizando a tese em uma reflexão filosófica sobre a educação relacionando-se a ética e a filosofia política, atribuindo as relações entre a educação, cultura e sociedade, no entanto, essas dimensões têm significados dicotômicos, e para isto a autora procura esclarecer os leitores sobre o seu sentido denotativo de significado e de uso. A professora Terezinha faz sempre um paralelismo entre os seus subtemas com o tema, e esta ligação íntima de idéias torna claro o objetivo e conciso os pontos por ela elencados na sua obra igualmente a correlação entre a filosofia e a compreensão da realidade, no qual ela traz à lume a reflexão filosófica a respeito da educação, estendendo-se ao campo da ética e da filosofia política.

Outra comparação que ela analisa e discorre é sobre a educação e a sociedade sob o olhar da política e da prática educativa, procurando nos chamar a atenção sobre alguns pontos relevantes da escola em nossa sociedade, e nestas perspectivas a professora se dedica ao terceiro capítulo com o tema: "As dimensões da competência do educador", que é nada mais do que a reflexão através de um objeto central que é a ética relacionada à competência política e a técnica utilizada pelo professor.

O último paralelismo que a professora em filosofia nos esclarece é a "competência e a utopia", no qual ela nos transporta a uma prática profissional adequada e justa a nossa sociedade e ao trabalho por projetos para desenvolver habilidades e competências para que os educandos possam exercer cidadania crítica, conscientes e participativos em nosso meio social, mormente capitalista. A autora reflete sobre a aplicação e aplicabilidade dos projetos numa visão utópica unida a uma ação competente, em que se objetiva e nos traz a luz uma nova educação do futuro que começa conosco, jovens profissionais da educação.

Na obra, Ética e competência, nos esclarece sobre alguns epítomes dos principais temas que estão em discussão na atualidade e sua leitura é indicada essencialmente aos profissionais de educação que conhecem os problemas enfrentados na sua área de educação.

É possível inferir através da análise da obra de Terezinha Azerêdo Rios, muito mais que as dimensões do educador, as quais são colocadas no livro, Ética e Competência, pois durante a leitura há possibilidades de nos remeter ao pensamento da educação em seu sentido amplo, em que se percebe a interdisciplinaridade e a transdisciplinaridade que têm possibilidades de serem visualizadas quando se trata da educação para se viver melhor nos contextos de vida da contemporaneidade do educador e da educação que se faz necessária com a qualidade de romper paradigmas, de ir além do saber técnico e teórico para abranger o saber filosófico de vida com visão mais ampla e transcendente, visto que, a vida não é departamentalizada e, desse modo, a educação fragmentada pouco consegue contribuir para a qualidade humana de vivência nos contextos sociais.


Autor: Ronye Márcio Cruz de Santana