DANIEL – UM JOVEM QUE TINHA UM PROPÓSITO



DANIEL – UM JOVEM QUE TINHA UM PROPÓSITO

8. Daniel, porém, propôs no seu coração não se contaminar com a porção das iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; portanto pediu ao chefe dos eunucos que lhe concedesse não se contaminar. (Dn. 1.8)

Por volta de 605 a.C, Israel foi tomado por o terrível rei Nabucodonosor, neste tão terrível ato o rei resolveu como de costume levar cativa a população como escrava para a Babilônia, neste aglomerado de pessoas encontrava-se o jovem Daniel. A Babilônia neste período era o que é hoje New York, era o maior centro econômico, político e social; correspondia ao lugar mais avançado intelectualmente da época, lá existiam diversas culturas e costumes, que muitos deles, senão todos iam contra os preceitos da Lei de Deus. E como um jovem tendo entre 14 a 17 anos pode permanecer fiel as suas convicções aprendidas na infância? A resposta é bem clara, DANIEL TINHA UM PROPÓSITO.

I.PROPÓSITO DE NÃO SE CONTAMINAR CO A PORÇÃO DO REI.

A porção aqui falada era um conjunto de alimentos e bebidas que primariamente foi consagrada aos deuses, e servia de benção para que a come-se.

1.Ninguém impôs isto a Daniel.

É interessante notarmos que ninguém disse a Daniel que não podia comer daquela comida, com Daniel não estava os seus pais, na verdade não tinha ninguém para lhe aconselhar, mas Daniel nunca tinha esquecido os ensinamentos um dia recebidos. Não é preciso que ninguém esteja no encalço de um jovem que tem um propósito o alertando a não fazer isto ou aquilo, pois ele sabe muito bem o que deve ou não fazer; isto não implica de ausência de conselhos, todos os jovens são cativos de conselhos por conta de suas imaturidades.

2.Ele arriscou sua vida em nome de um propósito. (v.10)

Não comer da porção do rei significava uma provável morte por desobediência, quando ele decidiu fazer isto, ele automaticamente estava se colocando no centro da vontade de Deus. Muitas vezes na vida decisões errada parecem certas, ele poderia muito bem dizer para si mesmo que ia comer para não morrer, mas sua decisão foi morrer por não comer. Isto me faz lembrar uma história que ocorreu com um amigo meu, ele contou que logo quando se casou estava desempregado e passando por algumas necessidades e um amigo o indicou a falar com um político (era período eleitoral) e ele foi, chegando lá ele informou quê era uma indicação de tal pessoa, logo o político mandou sentar e disse que ele era a pessoa certa para o emprego, mas só tinha uma coisa às vezes ele teria que mentir, ele olhou para o senhor agradeceu e disse que não dava para ele, pois era crente, no caminho foi chorando e questionando a Deus, pois precisava do emprego, chegando a casa foi inquirido por outro amigo se queria trabalhar em certa empresa, seu choro parou, pois Deus supre as necessidades de que tem propósito.

3.Ele sacrificou os seus desejos carnais em nome do seu propósito. (v.12)

Imagine você morto de fome e sedento de água, na sua frente uma mesa enorme com todas as melhores comidas sobre ela, qual é o teu pensamento? Foi isto o que aconteceu com Daniel, sua carne estava dizendo come, mas o seu espírito dizia que aquelas comidas eram sacrificadas aos ídolos e não servia para ele. Você já esteve nesta situação? Não importa o quanto sua carne esteja querendo os mais lindos e saborosos pratos da vida, nunca os aceite, pois causará uma má digestão espiritual e estragará os seus mais lindos propósitos.

4.Daniel achou graça diante de deus e dos homens, por causa do seu propósito.

Os acontecimentos na vida de Daniel após o seu propósito foram formidáveis, Deus lhe ofertou sabedoria, conhecimento, visões e interpretações de sonhos, mas imagine comigo se ele não tivesse propósito, onde ele estaria? Jovem o que vai faze a diferença na tua vida vão ser os teus propósitos, todos os homens e mulheres que nós hoje falamos e lembramos, eles tiveram um dia um propósito, e este propósito fez com que ele hoje fosse lembrado.

II.TER PROPÓSITO VAI INCOMODAR OUTRAS PESSOAS. (Dn. 6.10)

Geralmente quando temos um propósito, pessoas incapazes e pobres de espíritos nos cercarão para ofuscar o nosso brilho. Foi isto o que aconteceu com Daniel, o brilho do seu propósito estava incomodando os invejosos da Babilônia. Não te atemorize quando surgir tais adversidades em sua vida, pois isto será frutos do teu propósito, fazer o que é bom incomoda os incapazes e ignorantes, não tenha medo dos teus propósitos.

III.DANIEL TINHA O PROPÓSITO DE ORAR 3 VEZES AO DIA. (Dn. 6.10)

A oração é uma das coisas mais importante na vida de um jovem, é imprescindível que este separe um momento de sua vida para dedicar em oração. Daniel era um grande conhecedor desta verdade, sabia que não se manteria nos padrões de Deus se não ora-se constantemente. Se nos jovens do século 21 não devotarmos tempo para oração, não existirá igreja nos séculos vindouros.

1.Quando veio às dificuldades Daniel já tinha o hábito de orar. (v.10)

É normal nós depararmos com pessoas que estão passando por alguma dificuldade, e ela nos pedir oração ou mesmo orar de forma constante para Deus resolver, só que antes das dificuldades esta pessoa não orava, ou seja, não tinha o hábito de orar, Daniel pelo contrario tinha um lindo hábito de orar, Deus não pode ser visto pelos jovens apenas na hora das dificuldades, nossa relação com Deus não pode ser uma relação mercantilista, uma relação de troca; os jovens têm que ter este propósito, orar é fundamental para nós neste tempo.

2.Ele apresentava os seus problemas a Deus. (v.11)

Daniel como todo jovem tinha inúmeros problemas, apresentava os seus problemas a Deus, isso é tão notório que quando eles pegaram este mesmo estava suplicando a Deus. Sabemos que muitos problemas passam os jovens da atualidade, sejam o pecado, os vícios, as más companhias, enfim temos problemas, mas como resolve-los? Apresentando-os a Deus.

3.Quando temos um propósito Deus faz milagres. (v.22)

O propósito de Daniel moveu o coração de Deus, a Bíblia diz que Deus mandou um anjo e fechou a boca do leão. Deus pode da mesma forma fazer isto conosco, quando tivermos o propósito de orar todos os nossos problemas serão visto apenas como pequenas dificuldade que logo serão vencidas, serão miniaturas debaixo dos nossos joelhos.

IV.QUAL O TEU PROPÓSITO?

Uma pessoa sem visa não chegará a lugar nenhum, é imprescindível que todos os jovens tenham algum propósito, alguma meta; pois isso será o seu combustível para longas caminhadas, o que fez Daniel ser lembrado até hoje foi o seu nobre propósito. Comece se não tem a traçar os seus planos para o futuro, é lógico que este projeto esteja no centro da vontade de Deus. TENHA UM PROPÓSITO.

O homem sem propósito na vida é um ser sem rumo e sem esperança, não seja desta forma, tenha a partir de hoje vários propósitos entre os quais o de servir a Deus com plena fidelidade.


Autor: ANDERSON BRUNO DA SILVA OLIVEIRA