Uso do celular em sala de aula como ferramenta pedagógica



Uso do celular em sala de aula como ferramenta pedagógica.

Sarah Correia de Souza

Curso de Licenciatura em Informática – Universidade do Estado do Amazonas (UEA) – Escola Superior de Tecnologia.

sarahcorreia_s@hotmail.com

Abstract. The idea of use for mobile in classrooms today is that they contribute nothing in the educational process, on the contrary, hinder. This article aims to change this view by proposing the insertion of this in the middle as an educational tool that assists the teacher.

Resumo. A idéia que se tem em relação aos celulares atualmente é a de que estes em nada contribuem no processo educacional, ao contrário, atrapalham. Este artigo pretende mudar esta visão, através da proposição de inserção deste no meio educacional como uma ferramenta que auxilie o professor.

1. Introdução

Atualmente o uso de aparelhos de telefonia móvel em sala de aula não é visto como algo que venha contribuir com a educação, muito pelo contrário. Em algumas cidades este assunto tem ganhado tamanha importância que chegou até as câmaras legislativas, onde foram aprovados projetos de leis que proíbem o uso destes aparelhos em sala de aula.

A idéia que se tem é a de que a utilização de telefones em sala de aula desvia a atenção dos alunos, influenciando negativamente no rendimento escolar. O mesmo ocorre também com os professores, prejudicando o seu desempenho ao ministrar aulas.

Mas será que o celular realmente em nada contribui no processo de construção de conhecimento dos alunos? A resposta é não, desde que inserido em aulas bem planejadas o celular pode tornar-se um grande aliado do professor na tarefa de auxiliar a construção do saber.

2. Metodologia de pesquisa

Este artigo foi resultado de várias buscas em sites de pesquisa e artigo científico.

Dentre estes meios, pesquisas na internet que visavam melhores esclarecimentos em relação à visão tida pelos parlamentares da Assembléia Legislativa do Estado do Amazonas e da comunidade em geral em relação ao uso de celulares nas escolas, além da busca por formas de mudar esta idéia e soluções para a implementação destes sem mais problemas no ambiente educacional.

3. O uso do celular no processo de aprendizagem.

Da maneira em que a internet hoje é uma ferramenta que aumenta os recursos didáticos do professor, as Tecnologias da Informação e da Comunicação oferecem os telefones móveis, onde encontramos instrumentos que podem dar suporte à melhoria de sua prática docente e pesquisa. Porém, apesar desses recursos, muitos professores não se apropriam desta ferramenta.

3.1 Sugestões de Aplicação

Atualmente o celular é o meio mais fácil e rápido de se trocar informações, o que gera, portanto grande interatividade. Com esta ferramenta de custo, muitas vezes mais acessível que um computador, o professor teria possibilidade de interagir com seus alunos enviando links, arquivos de vídeos, imagens, músicas e até as "lições de casa".

É possível fazer uso dos aparelhos inclusive para explicar aos alunos como fatos existentes no cotidiano ocorrem, através de exemplos que certamente, fariam parte de suas vivências. Um exemplo desta possibilidade poderia ser dada em aulas em que falamos sobre as ondas eletromagnéticas: Quando nos comunicamos com através do celular, este envia ondas invisíveis até o outro aparelho em uma velocidade extremamente rápida.

Havia, neste caso, também a possibilidade de explicar aos alunos como um sinal chega de um ponto a outro e as tecnologias utilizadas atualmente: CDMA, TDMA, GSM E 3G. Podendo estender inclusive este assunto às ondas sonoras e sinais de rádio.

Além disso, os professores poderiam, com o auxílio de um celular, produzir materiais a serem utilizados em suas aulas, como por exemplo, gravar vídeos com experiências em laboratório, ou imagens e enviá-los a um site onde estes estariam disponíveis para que seus alunos pudessem assistir e então fazer a discussão, em sala de aula, baseado no conteúdo do material produzido com o uso do celular.

4. Exemplos reais

4.1. Projeto Literatura Celular

O SESC de São Paulo, em outubro de 2008, apresentou o projeto Literatura Celular na Mostra SESC de Artes. O objetivo era manter leitores em contato com a literatura.

O projeto funcionou, resumidamente, da seguinte forma: Cadastrando-se gratuitamente no site http://www.sescsp.org.br/sesc/hotsites/literatura_celular/index.cfm, os interessados recebiam, a partir de uma determinada data, micro-contos de até 120 caracteres produzidos por diversos escritores previamente selecionados pelo SESC. Os contos eram enviados três vezes ao dia aos usuários cadastrados durante os dias do evento.

Este projeto nasceu de uma idéia já existente no Japão que propõe uma aproximação da cultura digital com o cotidiano.

4.2. Softwares educacionais para celulares

Um grupo de professores da Universidade de Michigan desenvolveu uma série de ferramentas de software que transformam o telefone celular em algo parecido com um pequeno computador para uso em sala de aula.

Estes celulares foram distribuídos a cinquenta estudantes do Texas que tem por volta dos dez anos de idade. Os aparelhos não podem realizar nem receber ligações, nem enviar mensagens, mas possuem câmeras, calendários, calculadoras e ferramentas educacionais.

Ainda não há resultados sobre essas experiências e sua influência nos resultados escolares, mas, segundo os responsáveis pelo estudo, os docentes que os estão testando se dizem alegres em poder integrar em suas aulas os celulares que os estudantes levam de qualquer maneira ao colégio.

5. Considerações Finais

O professor pode encontrar em sala de aula algumas dificuldades que impossibilitem a execução de atividades que não tenham sido adequadamente elaboradas, consideram alguns fatores como os emocionais e sócio-culturais, assim como o nível dos alunos. Mas no processo de auxílio de construção de conhecimento, não se pode esperar por soluções milagrosas ou receitas prontas e sim iniciativas.

Portanto, o desafio de ampliar as habilidades e tornar as aulas mais atrativas deve ser motivado pelo fato de que a prática docente assume atualmente um papel imprescindível para a tão almejada melhoria do país.

Referências

Assembléia Legislativa do Estado do Amazonas –Projeto que proíbe celulares em sala de aula tem apoio [Acessado em 24 de março de 2009] – Disponível em: http://www.aleam.gov.br/noticia_materia.asp?id=3334

SAMPAIO, Carlos Magno. Celular na sala de aula: ferramenta pedagógica a serviço do professor. – [Acessado em 24 de março de 2009] – Disponível em: http://artigocientifico.uol.com.br/uploads/artc_1224076811_47.doc

Cavalcanti, Martina – Micro-contos serão enviados por torpedo pelo SESC – [Acessado em 25 de março de 2009] – Disponível em: http://mobpop.blogtv.uol.com.br/2008/10/07/microcontos-serao-enviados-por-torpedo-pelo-sesc

NOTÍCIAS TERRA - Celular pode ser aliado em sala de aula, diz estudo – [Acessado em 25 de março de 2009] – Disponível em: http://noticias.terra.com.br/educacao/interna/0,,OI3590836-EI8266,00-Celular+pode+ser+aliado+em+sala+de+aula+diz+estudo.html


Autor: Sarah Correia