Desculpa, eu não entendi!



O quê, não encontraram ainda mais nenhuma alternativa pro nosso raio-x financeiro? Se por A+B e no vice-versa de novos assuntos governamentais, pouco importa. Já que dizem (e como oram os mais fiéis) que ´´tá dominado``, a sós é que não podemos ficar. Doa a quem doer, o CAIXA DOIS, a tal ´caixinha de surpresas`, aquela sobra no fundo do prato, digo, dos bolsos apertados e com a ratoeira sempre muito bem armada, por mais humilde que tenha sido, não existe. Nunca existiu, nem nunca existirá. O Judas, idem, também não. Puro erro de cálculo – que fique bem claro! – na calculadora que não tinha o dígito nove. Fora, né? Porém, é bom lembrar que sempre tem alguém que serve para cristo perto de outros que vivem dando uma de João-sem-braço. (assim mesmo, no grosso do hífen). Nossa tevê, agora pra lá de ´plasmática`, funciona mais que qualquer detector de mentiras ou sismógrafo. Imagine só o uso de tais recursos em ´sessões extras` o que ia causar nos ouvidos das donas (e por que também não nos donos) de casa em vias de contenção de despesas? E mesmo que por mil vezes questionemos ´útil, inútil e fútil`, funciona até em descobrir o já descoberto. Ou estaria errado o fabulista e poeta La Fontaine, que além de ser teólogo, quis ser um bom ´cafifa`, no período de 1664, e que contou grandes histórias de animais com características humanas!? Não vamos citar exemplos, tudo bem? Raridades não é só pra antigos e colecionadores de bugigangas, sem ofensa, pois, ´´o macaco nunca esteve tão certo assim`` perto de uma global ´Caras e Bocas`, e que por sorte temos por lá uma Flávia Alessandra na pele de Dafne. Como diria, algo assim de um ´´adoçante para os meus olhos``. Sentiu o peso da modéstia e da inspiração? Tem dono, tem dono! E eu tô pagando o que mesmo? Aliás, com ou sem rodízio, quem é que anda parando o trânsito, hein? Tem carne, ops, caras novas no pedaço.

Voltando ao xis da questão, verdade é que alguns exemplos nunca ficaram tão longe da gente assistir como nas reprises do ´´temos que apurar, temos que apurar``. Cortar na carne, ainda que pela vaga lembrança do projeto in memorian do ´ fome zero` e que tenha ido mesmo pro espaço... Alta fidelidade acima de qualquer suspeita, próxima assim do que seja um melado beijo ´´El dia que queiras``, basta entrar no reclame do plim plim pra ouvir o sermão do bispo Edir Macedo que acha que a dança do ´Caminho das Índias` tinha que seguir por outro caminho. Aliás, o pecado, que nunca esteve tão próximo assim de nossa teledramaturgia nacional pra lá de americanizada, mora ou não mora ao lado da vida daqueles que por sorte – ou seria insorte – surgiram como mutantes na emissora do ´´Sai capeta``? Sai dele e entra em mim, que eu ando é buscando extintor de incêndio pra apagar tantas brasas. Anote, ´´o mistério de Bette Davis ´Eyes` ainda sobrevive``. E que a dupla – mãe e filha – Odette Roitman (Beatriz Segall) e a bêbada Heleninha (Renata Sorrah) jamais cairão no arquivo morto!

Ok, permaneçam sentados sentados que o ´show bis` 2009 mal começou. O ano promete muito mais que pros aspirantes a um novo escândalo entre Vossas Excelências que interrogam por pura excelência! Além, claríssimo, da dança da periquita (como no bel prazer das pererecas mais que soltas das gaiolas), desfilando pelos corredores palacianos e que, segundo os mais estudiosos, batizaram de ´Capital da Esperança´. Acredite. Ou estaria errado o finado deputado Clodovil Hermandez ter apregoado: ´´Brasília nunca mais será a mesma?``. Aliás, já foi? Algum dia... E já que a questão é mundial, alguma opinião? ´´Vamos apurar, vamos apurar``. E apoiar! E ainda bem (graças a Deus) que a gripe A não tornou-se mais que uma marolinha por aqui. Só faltava ´ele` ter dito isso. Que quis, quis. Ou será que em dezenas de casos a mentira (ainda) continua de pernas curtas? Coitado, sim, é do meu criado que continua mudo no canto da sala, sem esquecer daquela do ´´Jesus te chama`` e que não precisa ser por conta de nenhum espetinho de gato que você tenha comido na esquina do ´seo` Malaquias – não sei se 15 ou 16.

E quer outra! E daí que meu ´photoshopi` é vermelho e só pega no tranco? Cursinho pelo msn qualquer rei que reina, governador que governa e deputado que... consegue fazer pra ganhar no bafo. Ainda bem que eles se valem dos palanques e enxergam tudo do alto. Fosse lá nos picadeiros... Em defesa do próprio pão nem se fala! Alheio, bom... só mesmo pegando carona num dos nada menos famosos thrilhers do Woody Allen, ´´Tudo o que você sempre quis saber sobre (Política?) SEXO e teve medo de perguntar, agora ficou moleza. ´´Dirigindo no escuro`` (idem W. Allen) é algo também da gente começar a se pensar na cama pra evitar o vôo cego. Senão, mesmo que alisando, não cresce. Principalmente quando o efeito é do tipo estufa.

Por enquanto é só, ponto final, e não se fala mais nisso.

Celso Fernandes, jornalista, poeta e escritor, autor de ´´As duas faces de Laura``, ´´O Sedutor``, Sonho de Poeta`` (Ed. Edicon), entre outros. Colunista de Moda, Cultura & TV, escreve semanalmente em jornais, revistas e sites relacionados às áreas.

Blog do colunista: http://modarougebatom.blog.terra.com.br


Autor: Celso Fernandes