O TABERNÁCULO



O TABERNÁCULO

Sob a aliança mosaica, Deus revelou verdades o seu povo, os filhos de Israel, em cinco áreas principais: Tabernáculo, Festas, Ofertas, Lei, Sacerdócio.

1º) – A lei: moral, civil e cerimonial.

Lei moral: Expressão da vontade de Deus, para o viver santo, através dos mandamentos. (Êx 20: 1-17)

Lei civil: Expressão da vontade de Deus, para o viver correto, através da jurisprudência (ciência dos direitos das leis). (Êx 21: 23-33)

Lei cerimonial: Expressão da vontade de Deus, para o viver religioso segundo as ordenanças. (Êx 24: 12; 31:12- 18)

O sacerdócio: araônico e levítico. Os 5 diferentes tipos de sacerdócio:

1. Segundo a ordem de Melquisedeque. (Sl 110: 04).

2. Levítico ou araônico.

3. Sacerdócio de Cristo.(Hb 5: 5, 6).

4.Sacerdócio da igreja. (I Pe 2: 9; Ap 1: 6).

5.Sacerdócio individual dos Cristãos. (Jó 1: 5).

Os cinco tipos de ofertas, ou sacrifícios Levítico.

Holocausto: Consagração pessoal. (Lv 1: 3; 6: 8-13; 8: 18-21; 16: 24).

Elementos: bode, carneiro, boi,pombinho (para os pobres); voluntária, perfeita, identificada, totalmente queimada sem defeito

Propósito:Ato voluntário de adoração, expiação pelos pecados (reparo de um pecado através de uma penitência), involuntários em geral; expressão de devoção; compromisso e completa entrega a Deus.

Tipologia: Cristo nosso sacrifício perfeito, que se entrega voluntariamente (Mt 27: 35,36; Ef 5: 2; Hb 7: 26; 9: 14; I Jo 2: 6).

Cereal, ou oblação (oferenda) ou manjares: Consagração de bens (Lv 2. 6:14-23). Não tinha sangue, não tinha imposição de mãos. Uma parte servia de alimentação dos sacerdotes.

Elementos: Grão, flor de farinha, azeite de oliveira, incenso, bolo assado, sal; sem fermento nem mel; acompanhava a oferta queimada (holocausto) e a oferta de comunhão.

Propósito: Ato voluntário de adoração; reconhecimento da bondadee das provisões de Deus

Tipologia: A perfeita humanidade de Cristo; ressalta-se a entrega de sua vida (I Jo 2: 6).

3) Oferta pacífica, ou de comunhão, ou de paz: Comunhão com Deus. (Lv 3;7: 11-34)

Elementos: Qualquer animal sem defeito tomado do rebanho: novilho, carneiro ou cabra.Variedades de bolos.O sacerdote comia do peito (amor)e da espádua direita, ombro (força).

Propósito: Ato voluntário de adoração; ação de graças e comunhão (incluía umacomida de toda a comunidade).

Tipologia: Cristo, mediante a cruz, restaurou a comunhão do crente com Deus. Ele é nossa paz.

4) Oferta pelo pecado: Perdão. (Lv 4: 1-5; 13; 6: 4-30; 8: 14-17; 16: 3-22).

Elementos: 1º) Para o sumo sacerdote e a congregação: um bezerro. 2º) Para os líderes: um bode. 3º) Para qualquer pessoa do povo: uma cabra ou um cordeiro. 4º) Para os pobres: a décima parte de uma efa (3 litros e 700 gramas)de flor de farinha.

Propósito: Para expiação de pecado específico e involuntário; confissão de pecado; perdão de pecado; limpeza da imundícia.

Tipologia: Cristo padeceu fora da porta (Hb 13: 10-13).

5) – Oferta da culpa, ou sacrifício de restituição: Restauração. (Lv 5:14-16: 7;7:1-6)

Elementos: Carneiro (somente).

Propósito: Para expiação de pecados involuntário que requeriam restituição; limpeza da imundícia; fazer restituição; acrescentar 20% (Lv 5.16).

Tipologia: Cristo, mediante seu sacrifício, pagou a culpa dos pecados atuais dos crentes (Rm 3: 24-26; Gl 3: 13; Hb 9: 22).

4) Oferta pelo pecado: Perdão. (Lv 4: 1-5; 13; 6: 4-30; 8: 14-17; 16: 3-22).

Elementos: 1º) Para o sumo sacerdote e a congregação: um bezerro. 2º) Para os líderes: um bode. 3º) Para qualquer pessoa do povo: uma cabra ou um cordeiro. 4º) Para os pobres: a décima parte de uma efa (3 litros e 700 gramas)de flor de farinha.

Propósito: Para expiação de pecado específico e involuntário; confissão de pecado; perdão de pecado; limpeza da imundícia.

Tipologia: Cristo padeceu fora da porta (Hb 13: 10-13).

Oferta da culpa, ou sacrifício de restituição: Restauração. (Lv 5:14-16: 7;7:1-6.

Elementos: Carneiro (somente).

Propósito: Para expiação de pecados involuntário que requeriam restituição; limpeza da imundícia; fazer restituição; acrescentar 20% (Lv 5.16).

Tipologia: Cristo, mediante seu sacrifício, pagou a culpa dos pecados atuais dos crentes (Rm 3: 24-26; Gl 3: 13; Hb 9: 22).

As três festas principais:

Páscoa, (representa a liberdade)

Pentecostes (É a revelação; a entrega da Tora)

Tabernáculo (lembra a colheita, que é a Divina Providência.

Páscoa, também chamada de festa das semanas: Era lido livro de Cantares; alusão ao êxodo. Emcomemoração da promulgação da Lei.

Ordem da Páscoa: 1) – Vinho – no mínimo é ingerido 4 copos, que correspondem aos quatro estágios do processo da libertação.

Pão não fermentado – pelo menos 3 deles, para ser lembrados: Abraão, Isaque e Jacó.

Um vegetal verde como salsa – para simbolizar a primavera e o renascimento.

Uma mistura de maçãs, nozes, vinhos e temperos – para simbolizar a argamassa que os escravos preparavam nas construções no Egito.

Ervas amargas – símbolo da escravidão.

Um ovo duro queimado– símbolo de um sacrifício.

Pentecostes: Vem de 50, pois essa festa era celebrada 50 dias depois da Páscoa.

Tabernáculos: Comemorava a vida de Israel no deserto, habitando em tendas. Agradecia a Deus pela colheita. Era lido o livro de Eclesiastes.

Tabernáculo com suas funções específicas.

Nomes e títulos dados ao Tabernáculo.

Tabernáculo (Êx 25:9): A palavra tabernáculo, literalmente significa "tenda"ou "morada".

Santuário ( Êx 25:8): A palavra santuário significa "lugar santo" ou "lugar separado".

Tenda do testemunho (Nm 9: 15; 17: 1; 18: 2): O tabernáculo recebeu este título porque nele estava a arca da aliança, a qual tinha as tábuas da Lei. As tábuas da Lei eram consideradas o "Testemunho" de um Deus santo e determinavam seu padrão moral para o Israel redimido.

Tempo gasto na construção do tabernáculo.

Quando comparamos Êxodo 19:1 e Números 9:1 com elementos da tradição judaica, descobrimos que o Tabernáculo levou aproximadamente 9 meses para ser construído. Após esses nove meses ele tornou-se a habitação de Deus.

Materiais usados na construção do tabernáculo de origem mineral.

Ouro: Representado à divindade, à natureza de Cristo. (Jó. 23: 10; I Pe 1:7; II Pe 1: 4).

Prata: Está relacionado com a redenção, com a expiação, com valor de resgate e com Deus. (Êx 30: 11-16; Zc 11: 12,13; I Pe 1: 18-20).

Bronze: Esse metal simboliza poder e juízo contra o pecado, e está relacionado ao Espírito Santo. Deus declara que se nós não atentarmos para a sua voz, o céu sobre nossas cabeças será como bronze (Dt 28. 13-23).

Pedras preciosas: As pedras preciosas deveriam ser utilizadas principalmente nas vestes sacerdotais, representando os vários dons do Espírito Santo, a glória dos santos, as riquezas pertencentes ao povo de Deus e os atos de justiça dos filhos de Deus. (I Jo 5. 6-11), veja (Pv 17. 8; I Co 3. 9-17 e Ap 21. 18-20).

Matérias de origem vegetal:

Linho fino: Ap 19. 7,8 "são os atosjustos dos santos". Assim, esse elemento representa primeiramente a justiça de Cristo (Ap 15. 5,6).

Madeira de acácia:

determinavam seu padrão moral para o Israel redimido.

Tempo gasto na construção do tabernáculo.

Quando comparamos Êxodo 19:1 e Números 9:1 com elementos da tradição judaica, descobrimos que o Tabernáculo levou aproximadamente 9 meses para ser construído. Após esses nove meses ele tornou-se a habitação de Deus.

CONCLUSÃO: Que Deus continue nos abençoando com a aplicação de sua Palavra.


Autor: Atevaldo Fernandes do Nascimento