Através da oração é possível obter cura interior



ORAÇÃO PARA CURA INTERIOR

Pai, eu Lhe agradeço por Seu Filho Jesus que morreu na cruz não somente pelos meus peca¬dos, mas também pelos meus temores. Eu Lhe agradeço porque Jesus e o mesmo ontem, hoje e sempre e porque Ele me quer são no espírito, na alma e no corpo. Senhor Jesus, eu Lhe peço para reviver comigo cada segundo da minha vida. Cure-me e deixe-me são (a). Volte a minha ter¬ceira e quarta geração de ancestrais e quebre todos os laços genéticos nocivos.
Jesus, Você sabia tudo sobre a minha vida, mes¬mo antes de eu ter nascido. Obrigado (a) por estar presente quando a minha vida começou. Se o medo ou qualquer outra força do mal me foi transmitida enquanto eu estava dentro da minha mãe, liberte-me agora. Obrigado (a), Senhor Je¬sus, por ter estado lá quando eu nasci e por me ter amado. (Alguns vieram a este mundo sem ser amados e desejados, e eles sentiram essa rejeição. Senhor Jesus, encha cada um com o Seu amor precioso, desde o principio da vida deles).
Senhor, reviva comigo cada segundo dos meus primeiros anos de vida. (Alguns foram separados dos pais por causa de doença ou morte; alguns nasceram em famílias muito numerosas e não receberam o amor de que precisavam. Senhor Jesus, volte e preencha todo vazio. Dê-lhes o amor que não foi recebido. Remova toda magoa. Tire todos os medos: medo do escuro, de quedas, de animais, de se perder). Eu Lhe agradeço, Jesus, por me libertar e me curar.
Eu Lhe peço, Senhor, para segurar a minha mão e ir a escola comigo. Na época eu me senti muito tímido (a), com medo de sair de casa e enfrentar situações novas. Jesus, houve ocasiões em que me senti humilhado (a) na escola. Tire de mim essas lembranças. Quando fui maltratado (a) por um professor ou ofendido (a) por um colega: por favor cure essas magoas que me marcaram. (Temores podem ter aparecido durante os pri¬meiros anos de escola: medo de falar em público ou medo do fracasso). Obrigado (a) por curar es¬sas magoas e por me libertar desses medos. Eu Lhe agradeço e louvo.
Senhor Jesus, eu Lhe agradeço pela minha mãe. (Para aqueles que não tiveram o amor de mãe, preencha esse vazio e dê-lhes o amor que não tiveram.). Eu Lhe peso para ficar entre mim e a minha mãe e deixar fluir o Seu amor divino entre nos. Peço perdão a minha mãe por todas as vezes que eu a magoei ou decepcionei; e eu lhe perdôo por todas as vezes que ela me ofendeu ou decepcionou.
Eu Lhe agradeço pelo meu pai. (Para aqueles que não sentiram o amor de um pai terreno, dê-lhes o amor de que precisavam, mas que não receberam). Fique, Jesus, entre mim e o meu pai. Peço-Lhe que o Seu amor divino conserte todo o mau relacionamento que existe entre nós. Eu peço perdão ao meu pai por todas as vezes que eu o magoei ou decepcionei; e eu lhe perdôo por todas as vezes que ele me ofendeu ou decepcionou.
Eu Lhe entrego meus irmãos e irmãs. Onde existiam sentimentos de competição, ciúme ou ressentimento, eu Lhe peço que o Seu poder de curar e o Seu amor consertem todos os mal-entendidos. Eu perdôo a cada irmão e irmã por me ter ofendido e decepcionado e peso perdão por tê-los ofendido e decepcionado. Obrigado (a), Senhor, por ter estado comigo du¬rante a minha adolescência e enquanto eu esta¬va no ginásio e colegial. Houve novos problemas e medos. Assim que cada lembrança dolorosa me voltar a mente, eu peço que Você a lave no Seu Sangue precioso e elimine toda a dor da minha mente. Tire todo o sentimento de humilhação, confusão, culpa, medo ou fracasso. (Al¬guns foram ridicularizados por causa da raça, aparência, tamanho ou pobreza e foram marca¬dos profundamente por isso. Faça com que cada pessoa saiba que Você a amou como sendo especial, única, e que Você estava presente em todas as situações.)
Assim que cada um de nos saiu de casa, apare¬ceram novos medos, frustrações e magoas. (Al¬guns gostariam de ter cursado uma faculdade, mas não lhes foi possível; outros não consegui¬ram entrar para a profissão com a qual sonha¬vam e eles sentiram muito o desapontamento. Jesus, por favor, cure esse desapontamento e toda magoa.)
Obrigado (a) por estar presente quando nos casa¬mos. (Para uns foi um belo começo; para outros foi um pesadelo.) Jesus, tire toda magoa. Eu Lhe peso para ficar entre mim e meu cônjuge e curar toda magoa. Eu digo para meu esposo (minha esposa) que lhe perdôo por me ter ofendido e peço o seu perdão por tê-lo (a) ofendido. Senhor Jesus, através do Seu divino amor, eu Lhe agradeço por reparar todos os mal-entendidos e por eliminar todas as lembranças dolorosas.
Senhor, obrigado (a) por nossos filhos. Tire qual¬quer sentimento de fracasso ou culpa como pai (mãe) que eu possa ter. Quando os puni impru¬dentemente ou fui muito possessivo (a) com o meu amor, quando palavras foram ditas para criticar ou com raiva; eu peço que cure qualquer magoa que eu lhes possa ter causado. Eu peço o perdão dos meus filhos e perdôo-lhes por me terem magoado.
Senhor, durante aqueles momentos terríveis de acidentes, aqueles horas de doença ou cirur¬gias, eu Lhe agradeço por ter estado presente. Eu Lhe peso agora que tire o pavor, o medo e a lembrança da dor. Liberte-me do trauma que senti. Obrigado (a) por estar presente nas horas de tristeza. Eu Lhe agradeço por segurar a minha mão e atravessar o vale comigo. Eu lhe agradeço por tirar a minha tristeza, o meu pesar e o meu luto. Eu Lhe agradeço por me dar a Sua alegria e a Sua paz.
Agora, Senhor Jesus, obrigado (a) por reviver co¬migo cada segundo da minha vida ate este exa¬to momento. Obrigado (a) por curar todas as minhas magoas, as minhas lembranças doloro¬sas e os meus medos, e por me libertar. Obriga¬do (a) por me preencher com o Seu amor. Ajude-me a me amar. Ajude-me a amar os outros. Mas, principalmente, Jesus, ajude-me a amá-lo como eu quero. Eu lhe agradeço por penetrar fundo nos cantos mais escuros da mi¬nha mente e purificar-me. Eu lhe agradeço por curar as minhas emoções, a minha mente e as minhas lembranças. Eu lhe agradeço, Jesus, por me curar e reconstituir inteiramente. E eu lhe dou todo o louvor e toda a gloria. Em Seu nome eu peço. Amém.
(TAPSCOTT, Betty. Cura interior. Venda Nova, Betânia, 1981. p. 75-9).

Venha a nós o vosso Reino!

"ORAÇÃO PARA CURA INTERIOR"


Autor: Barbara Nice