Dependência Química! Um mundo de escuridão! Mais há luz!!



 

O grande problema das drogas ilícitas são as drogas lícitas. A própria sociedade que incentiva depois recrimina!

Vejamos alguns exemplos:

É comum vermos pais oferecerem bebidas alcoólicas aos seus filhos ainda pequenos e o pior dando ênfase, “Bebe que você é macho”. Os amigos que estão em volta participando desde momento todos acham graça e também dão incentivos. Com o passar do tempo esta criança pode desenvolver a doença alcoolismo e se tornar um dependente! “As pessoas que naquela ocasião incentivaram com certeza agora irão recriminar dizendo,”Sai pra lá seu bebum“!

 

Outro exemplo clássico. Um proprietário de um determinado bar, enquanto um cidadão tem dinheiro é bem vindo. E ainda com o mimo de estar recebendo a visita de um atendente a todo instante “Vai mais uma”!  Agora quando o cidadão já está alterado por conta do álcool e seu dinheiro está as minguas, logo é convidado a se retirar do estabelecimento.

 

Quando falo que o grande problema das drogas ilícitas são as drogas licitas é porque o elo é justamente este. Ou seja, as drogas licitas são a ponte para as ilícitas. É comum vermos testemunho de dependentes dizendo que sãos não faziam uso de maconha, crack, cocaína, ou comprimidos controlados de tarjas preta que quando ingerido com bebida alcoólica causas alucinações! Entretanto quando já estavam bêbados os encorajavam as consumi-las.

 

Outro grande problema é a visão da sociedade como um todo para está gravíssima doença! Infelizmente os dependentes são vistos como vagabundos, coitados, e assim por diante. A organização mundial da saúde afirma que a dependência química é uma doença incurável, progressiva e de efeitos fatais!

Incurável, porque não existe remédio para acura pelo menos do ponto de vista científico.

Progressiva, porque se começa com um consumo pequeno e vai aumentando gradativamente.

Efeitos fatais, porque quando não se tira a própria vida! Mata quem está a sua volta ou qualquer inocente. Exemplo disto é os graves acidentes de carro que vemos todos os dias, pessoas embriagadas ao volante se matando e matando pessoas inocentes!

 

Portanto temos que entender que estamos falando de uma doença que mata milhões de pessoas pelo mundo! E olha que o alcoolismo é um dos lideres nesta triste estática! Atenção famílias! Não ofereçam e nem incentive seus filhos a beberem isto pode ser devastador no futuro!

 

Existe luz? Sim! Infelizmente é para uma pequena parcela! Mais é possível! Digo a vocês que só a internação não é suficiente, temos que trabalhar a cabeça do dependente e de sua família porque ela terá um papel vital na recuperação do dependente. A pessoa tem que aceitar que é portador de uma doença que não tem cura e sua luta será diária e para sempre. Aí sim pode se começar o processo que recuperação. Claro que é muito difícil, mais com a ajuda da família dos amigos e de DEUS irá conseguir!!! 

Este processo que chamamos de abstinência é doloroso,  muitos sofrem com a síndrome da abstinência e vêm até bichos na sua frente. Aí que entra a família para dar apoio e estar perto quando ocorrer estas crises.

Que DEUS abençoem a todos!!

 

 

Cláudio Donato - Presidente Prudente - Sp

Brasileiro, casado, 40 anos, graduado em gestão de negócios e aluno do curso de MBA em Marketing e gestão de vendas. Conheceu o álcool ainda criança, aos 16 anos já usava maconha, daí para as outras drogas foi um pulo. Hoje prestes a interar 15 anos de abstinência do álcool e das drogas ilícitas.

E-mail cláudio.donato@click21.com.br


Autor: Claudio José Donato


Artigos Relacionados


CrenÇa Na Ingenuidade

Menina Danada

Doce Arma Feminina

Ipanema

Novos Tempos

Avis Rara

Cara De Pau