SAÚDE MENTAL / PSICO ONCOLOGIA



SAÚDE MENTAL / PSICO ONCOLOGIA : IMPORTANCIA E ÁREAS DE ATUAÇÃO

A Psico-Oncologia surgiu a partir da necessidade do acompanhamento psicológico ao paciente com câncer, a suafamília e a equipe que o acompanha..

A atuação preventiva doPsico-Oncologista visa:

  • Conscientizar a sociedade sobre a importância da melhoria dos hábitos alimentares;
  • Educar a população para lidar com o estresse da vida diária que poderá afetar a qualidade de vida ;
  • Promover campanhas de prevenção e esclarecimentos sobre a doença

A atuação do psico oncologistaem relação ao paciente oncológico visa:

  • Auxiliar no momento do recebimento do diagnóstico;
  • Informar sobre a doença;
  • Esclarecer sobre o(s) tratamento(s) a que será submetido, bem como os possíveis efeitos colaterais e como lidar com eles;
  • Ajudar o paciente a enfrentar a doença através de técnicas específicas, visando sua participação ativa na evolução do tratamento;
  • Esclarecer os direitos dos pacientes e sua família.

A atuação do psico oncologista em relação à família visa:

·Preparar a família para lidar com possíveis modificações no comportamento do paciente, incluindo dificuldades físicas, emocionais e sociais;

·Facilitar a comunicação com o paciente, equipe e com as pessoas com quem convivem;

·Ajudar a família e o paciente a compartilharem seus medos, expectativas e emoções,

·Auxiliar em todas as etapas da doença, desde o diagnóstico até a resolução.

A atuação do psico oncologista em relação à equipe que trabalha com o paciente visa:

·Ajudá-la a entender as possíveis causas para o comportamento dos pacientes, bem como treiná-los para lidar com esses comportamentos;

·Estar sempre em contato com a equipe oferecendo ajuda frente à angústia, estresse e depressão que possam surgir;

·Trabalhar com a equipe a questão da morte e do "morrer" para que não interfiram na saúde mental do profissional.

O Psico-Oncologista pode trabalhar com o paciente e sua família, individualmente ou em grupo.

1.)O trabalho em grupo é muito eficiente e enriquecedor por estimular a troca de sentimentos e experiências vividas por quem passou ou está passando pelo mesmo processo, fazendo com que aprendam e ensinem maneiras de enfrentar a doença. É mesmo um espelhar-se no outro. Ajuda ainda a re-integração do paciente e família no seu ambiente social.

2.)O trabalho individual(no leito,na UTI,na QT,etc...) é baseado numa escutapor parte do psico oncologista frente às falas do paciente , numa elaboração conjunta de interpretar e de auxiliá-lo neste momento vivido ,de forma a minimizar o desconforto e a maximizar novas esperanças no porvir,ressignificando o seu estilo de vida

Como vimos, a Psico-Oncologia tem muito a colaborar para a melhoria de qualidade de vida de todas as pessoas envolvidas no processo da doença, seja na prevenção do câncer, no momento do diagnóstico, no tratamento e na finalização deste, seja em relação à cura ou a terminalidade.

Suely Bischoff Machado de OliveiraPsicóloga CRP [email protected]

Psicóloga hospitalar/Psico oncologistaPós grad.pelo Hosp.do Câncer A.C.Camargo.


Autor: Suely Bischoff Machado de Oliveira


Artigos Relacionados


Câncer De Próstata

Câncer De Pele

Hepatoblastoma

CÂncer De OvÁrio (fonte Inca)

Melanoma

Câncer Do Colo Do útero /câncer Cervical

Câncer De Pulmão