O mês está mais longo que o salário?



Se você disse sim à pergunta acima, fica claro que uma ajuda nessa questão seria bem vinda.

Para reverter essa situação, há basicamente duas saídas: aumentar quanto dinheiro você recebe ou diminuir seus gastos. Já que não é tão simples mudar seu salário, ou qualquer outra fonte de receita no curto prazo (a não ser que você seja um deputado e que possa aumentar seu salário apenas votando), vamos à saída mais fácil: diminuir as despesas.Economia

Para isso, o primeiro passo é conhecer tão bem os seus gastos, quanto o presente que você namora na vitrine do shopping. Uma maneira bem simples de se fazer isso é anotar todos os seus gastos em uma planilha ou até mesmo em um caderno e classificá-las em grupos, como educação, transporte, alimentação, diversão, cartão de crédito, financiamentos, filhos, empréstimos, aluguel, contas diversas, etc.

Após anotar e classificar suas despesas, basta verificar quais são os grupos com os maiores valores. Será exatamente a esses grupos que você deverá dar maior atenção. Cada grupo de despesas merece uma abordagem diferente para redução e abaixo você poderá ver algumas dicas sobre como reduzir-los.

  • Financiamentos – é importante conhecer qual o seu custo financeiro, isto é, o quanto você esta pagando em juros e despesas financeiras. Conhecendo esse valor, é possível tomar a decisão de adiantar parcelas. Isto diminuirá seu poder de consumo no presente, mas aumentará seu poder de consumo no médio e longo prazo.
  • Cartão de crédito – se a maior parte das dividas se concentra neste grupo, é importante avaliar se tudo o que esta sendo comprado realmente é necessário. Devido a não vermos o dinheiro saindo do bolso, a tendência é gastar mais em compras por impulso.
  • Transporte – avalie suas alternativas, hoje muitas empresas e universidades possuem programas de carona o que se traduz em grande economia, já que as despesas de transporte podem ser divididas entre até 5 pessoas, além de inúmeros benefícios ao meio ambiente.
  • Diversão – esta é uma das despesas mais difíceis de serem reduzidas. Principalmente quando justificamos com o argumento “eu mereço após tanto trabalho”. Não que você não mereça, mas é preciso agir com cuidado para não deixar essa conta crescer demais.
  • Filhos – Normalmente educação e diversão são os maiores gastos com as crianças. Para fazer economia, basta fazer pequenas alterações nos hábitos como trocar o dinheiro do lanche por um lanche levado de casa. Nos Estados Unidos, é comum ver até executivos levando seus lanches de casa, pois além de econômico é mais saudável.
  • Contas diversas – uma das contas mais fáceis de se reduzir é a de telefone. Já que muitas vezes simplesmente ao se alterar o plano de consumo consegue-se um considerável desconto. Com o celular não é diferente, já que hoje é possível trocar de operadora mantendo o mesmo numero. Garantir que todos em casa utilizem a mesma empresa pode garantir grandes economias, uma vez que a maior parte das companhias possuem planos específicos para a família.

Não basta apenas reduzir é preciso poupar.

Talvez uma das frases mais repetidas no linguajar popular é a que “dinheiro traz dinheiro”. Não obstante as milhares de sandices ditas no coletivo, essa simples expressão representa dois dos princípios mais importantes para quem quer viver financeiramente bem: poupar e multiplicar. Gostaria de lembrar que, hoje, viver financeiramente bem é tão pessoal quanto a escolha do time de futebol.

Assim sendo, encontre seu ritmo e seu método. Alguns têm disciplina para economizar uma parte do salário e outros simplesmente não. Se este é seu caso, a maior parte dos bancos, hoje, possuem um serviço muito útil, que possibilita o cadastro de um determinado valor que será automaticamente transferido para um investimento. Basta programar para que este valor seja debitado sempre no dia do seu salário evitando assim que seu dinheiro escoe aos poucos.

Espero que essas dicas tenham sido úteis, lembrando que este foi apenas uma pequena amostra de tudo o que esta por vir. Ficaremos agradecidos e ansiosos por seu comentário, afinal este blog tem como objetivo principal oferecer o conhecimento que você  busca em finanças.

Não se esqueça de deixar um comentário e, caso surja alguma dúvida ou crítica, basta encaminhar um e-mail para hotmoney@hotmoney.blog.br.

Powered by Hotmoney.blog.br
Autor: Hotmoney Brasil


Artigos Relacionados


O Que é O Mercado De Ações

Não Há Impossível

DiÁlogo De Botequim

Controle Seus Gastos - Como Guardar Dinheiro

Vida Interna

Dia Das MÃes (peÇa De Teatro Infantil)

Aprender Inglês De Verdade