Relacionamento que vale emprego



Você se preocupa com o seu círculo de relacionamento? Tem vida social ativa? Contata regularmente os amigos ou está bem colocado e acha que nunca irá precisar deles? Pois saiba que o bom relacionamento está para o sucesso das pessoas assim como o oxigênio está para a vida. Quem conhecemos pode ser tão importante quanto o nosso know-how. Você pode ser hábil em alguma área e executar determinada atividade com maestria, mas não devemos esquecer que emprego é dificil de conseguir.

 

Há três tipos de pessoas: as que fazem as coisas acontecerem, as que olham as coisas acontecerem e as que pensam que as coisas acontecerão por sí só.

 

Pesquisam revelam que os anúncios nos jornais representam menos de 20% das vagas disponíveis. Se além dos jornais vamos até as agências de emprego, descobriremos um número muito maior de oportunidades. O fato é que em torno de 80% das vagas que surgem nunca serão anunciadas, pois acabarão preenchidas sem necessidade deles. Mas, como isso afinal de contas acontece? Graças ao fator relacionamento. Pense, por exemplo, como foi que você conseguiu uma das suas últimas oportunidades. É bem provável que tenha sido em função de contato com alguém conhecido.    

 

Mas, se já conto com rede de relacionamento, como agir para otimizá-la? Há muitas maneiras, mas uma boa dica é organizá-la de forma a contemplar pessoas nas áreas em que pretendemos atuar. Interagir com todos aqueles que possam nos informar sobre a disponibilidade de vagas nas empresas em que trabalham. Se agirmos com eficácia, as chances de encontrar uma colocação, rapidamente, aumentarão bastante, e as razões são basicamente duas:

·         Se for o primeiro ou o único a saber da vaga e detiver as habilidades requisitadas, poderá ser entrevistado e garantir a colocação;

·         As empresas normalmente preferem contratar por indicações a admitir estranhos.

 

Com amigos se vai mais longe.

 

Portanto, se selecionou a área que deseja atuar, o próximo passo é se aproximar e criar uma rede de pessoas que estejam envolvidas nelas. Mas, lembre-se de que há três tipos de pessoas: as que fazem as coisas acontecerem, as que olham as coisas acontecerem e as que pensam que as coisas acontecerão por sí só. Se você deseja ser a primeira, tenha atitude e contate regularmente as pessoas de sua rede, caso contrário a vaga que tanto deseja poderá surgir e ser preenchida sem que tome conhecimento.

 

Quanto melhor você conhecer alguém e mais persistente for, sem se tornar inconveniente é claro, o mais provável é ser lembrado quando surgir oportunidade. Mas, devemos considerar também que não basta contatar poucas fontes. O ideal é ampliar os contatos para que as chances de sucesso aumentem. Muitas vezes, a empresa com quem nos relacionamos não tem a vaga que tanto desejamos, mas a visinha dela está à procura de alguém com o nosso perfil.

 

Depois que você conseguir uma colocação é só seguir o que manda a cartilha: trabalhe duro, faça orçamento, economize dinheiro, atualize-se constantemente e dê atenção aos que buscam relacionamento, pois com amigos se vai mais longe.

Evaldo Costa

Diretor do Instituto das Concessionárias do Brasil

Escritor, consultor, conferencista e professor.

Autor dos livros: “Alavancando resultados através da gestão da qualidade”, “Como Garantir Três Vendas Extras Por Dia” e co-autor do livro “Gigantes das Vendas”

Site: www.evaldocosta.com

Blog: http://evaldocosta.blogspot.com

E-mail: evaldocosta@evaldocosta.com

 


Autor: Evaldo Costa


Artigos Relacionados


O Dom De Escrever

Relacionamento Que Vale Emprego

O Que Eu Sou!

Como Ganhar Almas

A Mulher Do Século Xx

Quer Namorar Comigo?

Planos