Tango, Tequila, Futebol & Cia



 

Quando este artigo for publicado, o mês de novembro estará encerrado e o mercado automotivo não terá muito que comemorar ou reclamar. As vendas devem, pelo segundo mês consecutivo, ter retraído em relação a setembro. O mesmo não podemos dizer do mercado de carros importados, que aparentemente continua aquecido.

Como a cotação do dólar está interessante para importação e o mercado de luxo é crescente no Brasil, é provável que os importados tenham feito sucesso em novembro também. Aliás, o nosso consumidor parece gostar muito de tango e tequila. Em média de 60% dos veículos importados vendidos em nosso território são oriundos do México e Argentina. A Fiat é uma das que mais contribuem com este cenário, já que a produção do Siena é na Argentina e o veículo tem boa participação nas vendas domésticas.

Mas, continuarão os importados aumentando a participação no mercado brasileiro? Pode ser que não passe muito do patamar atual. As montadoras estão investindo em suas plantas no Brasil. A Volkswagen, por exemplo, anunciou investimento de alguns bilhões em suas fábricas daqui, e outras, como a própria Fiat, também seguem o mesmo caminho. Estimativas apontam o mercado automotivo brasileiro como sendo um dos mais promissores do planeta. Não deve ser por acaso que muitas marcas estão intencionadas a se instalarem por aqui.

E por falar em novas marcas, no início do próximo mês um grupo de empresários brasileiros, liderados pelo Instituto das Concessionárias do Brasil, estará visitando o 10º salão internacional da Índia em Nova Delhi e, também, a fábrica da Tata Motors quando conhecerão de perto o Nano e outras novidades da indústria automotiva indiana.

Mas, voltando à análise do desempenho das vendas do mercado automotivo nacional, o ano está chegando ao fim e mesmo que as vendas não cresçam em dezembro, o ano de 2009 será um dos melhores da indústria automotiva por aqui. O próximo ano será promissor com marcas consolidando-se, novos players chegando e certamente haverá mudanças no ranking de participação de mercado.

Este ano, mais consumidores colocaram o carro novo na garagem, a indústria e a rede de distribuidores não podem se queixar dos resultados e boas perspectivas para o novo ano que se aproxima. Resta comemorar ao ritmo do futebol, ao som do tango e regado a tequila.

Ótima semana,

Evaldo Costa

Diretor do Instituto das Concessionárias do Brasil

Escritor, consultor, conferencista e professor.

Autor dos livros: “Alavancando resultados através da gestão da qualidade”, “Como Garantir Três Vendas Extras Por Dia” e co-autor do livro “Gigantes das Vendas”

Site: www.evaldocosta.com

Blog: http://evaldocosta.blogspot.com

E-mail: evaldocosta@evaldocosta.com

 

   


Autor: Evaldo Costa


Artigos Relacionados


A Chegada

Planos

Avis Rara

A Mulher Do Século Xx

São Só Negócios

Deus

Tenha A Vida Que Pediu A Deus