SEM MEDO DE SER FELIZ



Deming, (1) considerado o maior guru da qualidade, em seu método para implementar a gestão da qualidade, dá a seguinte orientação:

AFASTE O MEDO
Ninguém pode dar o melhor de si
a menos que se sinta seguro

Esta orientação tem tudo a ver com a questão da produtividade dos profissionais.

Realmente, se as pessoas, nas organizações, não se sentirem “bem” e “não gostarem” do que fazem, com certeza, terão baixa participação.

Para ilustrar este fato, veja os seguintes dados divulgados pelo INMETRO, alguns anos atrás:

PARTICIPAÇÃO DOS EMPREGADOS
NA MELHORIA DOS PROCESSOS

Japão ................ 95 %
Média mundial ........ 60 %
Brasil .............. 0,1%

Com o estilo de gestão da época, a participação dos empregados, no Brasil, era praticamente nula,
apenas 0,1 %.

Certamente, esta situação mudou muito no Brasil, nos últimos 15 anos, graças à melhoria significativa que ocorreu na gestão das empresas e, principalmente, na gestão de pessoas.

O movimento de implementação da Gestão da Qualidade, impulsionado pela família da norma ISO 9000, a partir de 1987, depois com a ISO 9002:1994 e, mais recentemente, pela ISO 9001:2000, tem sido responsável por grande parte do aumento de nossa produtividade empresarial.

Hoje, temos “As melhores empresas para se trabalhar” onde um dos critérios de classificação é a satisfação do empregado e, conseqüentemente, o aumento de sua participação e de sua produtividade.
Para aumentar a participação e a produtividade dos profissionais e, conseqüentemente, das empresas, uma nova norma vem sendo implementada com bastante sucesso: a ISO 10015.

A Norma ISO 10015 foi editada em 1999, inicialmente, pela ISO - International Organization for Standardization, e no Brasil em 2001, pela ABNT- Associação Brasileira de Normas Técnicas.

“Esta Norma enfatiza a contribuição do treinamento para a melhoria contínua e tem como objetivo ajudar as organizações a tornar seu treinamento um investimento mais eficiente e eficaz”.(2)

Por ser uma norma de Gestão da Qualidade e fornecer Diretrizes para treinamento, a ISO 10015 está sendo conhecida como “A Norma ISO do T&D”.

A implementação de diversas ferramentas de gestão de pessoas e de ”boas práticas de RH” tem afastado o medo e criado as condições ideais para que o profissional se sinta mais seguro e tenha a motivação necessária para melhorar sua produtividade.

De acordo com Herzberg (3) podemos concluir que a melhoria da produtividade das empresas depende, em grande parte, do profissional que não tem medo de ser feliz.

Referências bibliográficas
1 Deming, William Edwards, Qualidade: a revolução da administração; tradução de Clave
Comunicações e Recursos Humanos – Rio de Janeiro: Marques-Saraiva, 1990.
2 Norma NBR ISO 10015: Gestão da Qualidade – Diretrizes para treinamento. ABNT: 2001.
3 Frederick Herzberg, Work and Nature of Man (New York: World Publishing Co., 1966).


Sebastião Guimarães
guimaraes@tgtreinamento.com.br
Autor: Sebastião Guimarães


Artigos Relacionados


A Hora E A Vez Do Treinamento Eficaz

Ensinar A Ensinar E Aprender A Aprender

AvaliaÇÃo Do Treinamento Para Melhoria Da GestÃo Empresarial

Conheça A Iso Do T&d

Treinamento Eficiente E Eficaz: Uma Questão De Princípios

Retorno Do Investimento Em Treinamento

A Hora E A Vez Do Rh EstratÉgico