Mal humor pode ser controlado



Na atualidade, um dos comportamentos mais comuns e desgastantes entre as pessoas, é o mau humor. Alguns lembram o Hardy Har Har, a hiena do desenho animado Lippy e Hardy, da Hanna Barbera, que vivia resmungando “Oh dia, oh céu, oh vida, oh azar”. As lamentações e rabugices acabam ‘contaminando’ o ambiente familiar ou de trabalho.

Nota-se que quando uma pessoa começa a reclamar ou está irritada, todos em sua volta adquiri uma postura negativa. No entanto, esse perfil sociopsicológico pode ser trabalho com a Programação neurolinguística (PNL). A PNL trabalha os significados de comportamentos do individuo, podendo rever e potencializar atitudes positivas que a pessoa tem mais desconhece.

O psicólogo norte-americano Daniel Goleman, conhecido por ter escrito o best seller dos anos 90, Inteligência Emocional, descreve em seu livro a atitude de um motorista de ônibus que ao receber os passageiros trata-os com um sorriso e dizendo simplesmente “bom dia” com motivação. A atitude faz com que todos os passageiros fiquem bem humorados e passam adiante o bom humor.

Podemos ser o que queremos. Diversas pessoas culpam o chefe, o marido, pelo estresse que vivem no dia-a-dia. Mas, elas podem modificar essa situação. Assim como o ‘bom dia’ alegre faz melhorar a sua própria vida e a do outro, o inverso é proporcional.

Pesquisas mostram que a maior dificuldade dos headhunters (caça-talentos) é de encontrar profissionais bem humorados. Muitas pessoas fazem treinamento comportamental para ser grandes líderes, saberem trabalhar em equipe, delegar, feedback, mas poucas sabem que o bom humor é fundamental na hora ser entrevistado para uma vaga de emprego ou na hora de uma promoção.

Cada vez mais, as empresas valorizam o perfil sociopsicológico dos candidatos ou funcionários, e o mal humor, é um comportamento eliminatório no momento da escolha do Recursos Humanos. Um ambiente com pessoas mal humoradas é improdutivo, pois ela vê problema em tudo, reclama e perde tempo. O bem humorado motiva a equipe, vai atrás de uma solução, vê ‘flores em espinhos’. É isso que as empresas querem na atualidade.
O mal humor é uma reação natural do corpo, pois ele é estimulado quando a pessoa sofre algo inesperado, assim o organismo libera a dopamina e norepinefrina. Emoções como mal humor, tristeza, ansiedade, são normais. Mas, a diferença está da forma que você lida com elas. Um coachee – que é o profissional que trabalha com coaching – trabalhará a forma que as pessoas podem dominar essas emoções.


O Master Coach José Roberto Marques é fonte oficial para os seguintes assuntos:

Coaching para equipes e gerenciamento de equipes
Coaching pessoal
Coaching para políticos
Os benefícios da PNL
Recursos Humanos
Qualidade de Vida
Liderança
Motivação
Trabalho em equipe
Desenvolvimento Humano
Treinamento Comportamental
Consultoria empresarial

Instituto Brasileiro de Coaching

O IBC - Instituto Brasileiro de Coaching foi idealizado pelo seu Presidente, Master Coach José Roberto Marques e hoje é realidade em função da vontade de uma formação no Brasil que utilize uma metodologia que realmente leva em conta o Ser Humano em todas suas dimensões, uma formação que propicie não somente capacitação técnica, mas também: Transformação, Evolução e Humanidade. O Instituto Brasileiro de Coaching é o resultado da experiência comprovada em desenvolver pessoas, possuímos um sólido background e know-how em diversos campos do Desenvolvimento Humano. Soma - se isso tudo a vontade de agregar um padrão de qualidade no Coaching nacional.

Informações para a imprensa
Grasiela Caldeira
Jornalista
(13) 9611.4062
imprensa@ibccoaching.com.br
www.ibccoaching.com.br
Autor: José Roberto Marques


Artigos Relacionados


Como Funciona O Método Coaching

Coaching O Curso Que Capacita

Os Setores Da Vida E A Excelência Profissional

Coaching Não é Mentoring

O Que é Coaching Executivo?

Executive Coaching: A Arma Secreta Para Liderança De Alto Impacto

A Relevância Dos Investimentos Em Capacitação Pessoal