Você sabe brincar?



Você sabe brincar?

Basta observarmos por alguns minutos as brincadeiras entre as crianças que logo veremos chutes, empurrões, mãos empunhadas como se estivessem engatilhadas e um sonoro POW! Matar é sempre a única solução ou objetivo final dessas brincadeiras.
É notório a presença da violência em brinquedos e brincadeiras diárias de nossos pequenos. Sabemos que a violência é inerente ao ser humano, todos temos uma carga de agressividade e é a partir dela que nos defendemos e que nos fortalecemos. Porém, o estímulo dessa agressividade tem contribuído para a formação de crianças e adolescentes impacientes, involuntários e imaturos diante simples dificuldades.
Não é raro observamos brincadeiras e atitudes que são a continuidade daquilo que assistem em filmes, desenhos e games. Nos noticiários frequentemente uma morte é narrada com a mesma intensidade em que se apresenta uma novidade tecnológica. Vivemos a banalização da morte! Cabe a nós pais, professores e responsáveis, orientarmos ao que se assiste, ao que se ouve e ao que se compra como forma de diversão.
Um bom começo é brincar! Você sabe brincar com seu filho?
Pequenos momentos de cócegas, de bola, de pega-pega, de rolar no chão, criam vínculos eternos, abaixam a ansiedade e possibilitam um crescimento mais seguro e confiante.
Brincar é fundamental para o desenvolvimento cognitivo, social e afetivo, portanto, resgate a sua brincadeira preferida e ensine ao seu filho(a).

Merylin Franciane Labatut
Psicopedagoga,(PUC-PR)
Graduada em Letras (PUC-Pr)
Membro da ABPP(Associação Brasileira de Psicopedagogia)
Contatos: 9114-6943 - psicopedagogia@rocketmail.com.br
Autor: Merylin Franciane Labatut


Artigos Relacionados


A Importância Dos Jogos Na Sala De Aula

O Brincar E O Desenvolvimento Da CrianÇa

Resenha Do Texto: Na Escola Infantil Todo Mundo Brinca Se Você Brinca

A ImportÂncia Do Brincar Para O Desenvolvimento Cognitivo E Social Da CrianÇa

Ensine Seus Filhos A Brincar Que Desta Maneira Eles Se Desenvolverão Melhor

A Importância Da Atividade Lúdica Na Educação Infantil

O Prazer De Brincar No Processo De Aprendizagem