SAINDO DO ATOLEIRO



As pessoas preferem reclamar em vez de aceitar que cada um é responsável pelo seu destino. Assim, as pessoas nascem no ambiente que fizeram por merecer em vidas passadas, onde deverão se esforçar para resgatar a essência espiritual humana, e sair vitoriosamente do atoleiro dos erros sobre a compreensão da vida. A insatisfação e a revolta equivalem a duvidar da justiça que paira acima de tudo, e atraem mais dificuldades ainda.
Pessoas insatisfeitas se enredam em formas negativas de pensar, reclamando de tudo, atraindo a mesma espécie, afundando mais e mais. Aquilo que falamos revela o que se passa em nosso íntimo e molda nosso futuro. Já vi tanto sofrimento e miséria, mas nunca entendi por que as pessoas se agridem em vez de se ajudarem ou pelo menos não se prejudicarem mutuamente.
É no silêncio que temos a oportunidade de ir ao encontro de nosso eu mais elevado, restabelecendo o contato com ele. Ficar reclamando só piora as coisas. Nossa concentração deve se fixar naquilo que queremos, na busca por um melhor futuro, na realização de nossos sonhos. Recebemos este maravilhoso planeta como morada para o desenvolvimento e fortalecimento do espírito, mas não demos a ele os necessários cuidados e estamos jogando fora o tempo que nos foi dado.
É muito simples o que está faltando para que as pessoas melhorem a vida: aceitar a responsabilidade pelas condições desfavoráveis em que se encontram, pois de alguma forma contribuíram para isso, sem fazer reclamações, sem revolta. Mas, ao mesmo tempo, as pessoas não devem se acomodar num fatalismo antinatural, e sim sonhar com a melhora e com a solução, concentrando-se no querer positivo, pois reclamações e insatisfação atraem a má espécie. Temos de reconhecer a infalibilidade das leis da natureza para sermos auxiliados por elas. Temos de colocar o foco de nossos pensamentos além dos problemas, nas soluções dignas e humanas. Aí, então, veremos como é fácil sair do atoleiro.
* Benedicto Ismael Camargo Dutra é graduado pela Faculdade de Economia e Administração da USP, articulista colaborador de importantes jornais de São Paulo e realiza palestras sobre temas ligados à qualidade de vida. Atualmente, é um dos coordenadores do www.library.com.br, site sem fins lucrativos, e autor dos livros Encontro com o Homem Sábio , Reencontro com o Homem Sábio, A Trajetória do Ser Humano na Terra e Nola – o manuscrito que abalou o mundo, editados pela Editora Nobel com o selo Marco Zero. E-mail: bidutra@attglobal.net
Autor: Vervi


Artigos Relacionados


Aprender E Ensinar

A Imperiosa Necessidade De Colocar A IntuiÇÃo Em Movimento

Choque De Vontades Nas OrganizaÇoes

Choque De Vontades Nas OrganizaÇÕes

A Imperiosa Necessidade De Colocar A IntuiÇÃo Em Movimento

"amor Sem Escalas" Retrata GeraÇÃo Sem Objetivos De Vida

Livros, Amigos FiÉis