Tipos de Calçados – Chopine / Zoccoli



Chopine / Zoccoli – modelo originário da Europa do final da Idade Média e início da Idade Moderna, principalmente no período do Renascimento, inicialmente utilizado somente pelas mulheres, estes calçados estilo plataforma foram muito populares nos séculos XV, XVI e XVII, sendo considerados os precursores definitivos dos saltos altos e das plataformas que caíram no gosto popular séculos depois, estes modelos eram utilizado como forma de proteção para os calçados, pois eram colocados sobre outros calçados, para que fossem protegidos da lama, barro e poeira que cobriam as ruas e estradas.

As chopines foram muito utilizadas em Veneza tanto pelas cortesãs, como pelas aristocratas, sejam por motivos práticos como as freqüentes cheias, ou mesmo por ter tornando-se uma referência simbólica ao prestígio cultural e social, pois quanto maior fosse à altura da chopine, maior o status de quem a utilizava. As altas chopines permitiam literalmente que uma dama fulgurasse entre os demais. As chopines venezianas eram esculpidas por verdadeiros artesões, onde acabavam por produzir algumas verdadeiras obras de artes, com entalhes em altos e baixos relevos.

Nas Espanha do século XV, as chopines também dominavam sobre qualquer outro modelo de calçado, uma vez que a maior parte do abastecimento de cortiça ao país era destinada a produção destes calçados. Alguns historiadores argumentam que o modelo é originário da Espanha, uma vez que há vários registros e referências históricas datadas do século XIV, porém outros alegam que os modelos são originários da Turquia. Os modelos espanhóis eram mais cônicos e simétricos, além de possuir uma rica ornamentação com jóias, letras douradas, bordados e outros enfeites metálicos em ouro e prata ao longo sua base.

Foi durante o período renascentista que as chopines tiveram seu auge, chegando a atingir pouco mais de 50 cm, este exagero requeria auxílio de até dois serviçais, que auxiliavam tanto no calce, quanto no caminhar com estes modelos. Esta extravagância é narrada por estudiosos de forma controversa, onde uns atribuem uma marcha instável e deselegante, já outros descrevem eu uma mulher poderia até dançar graciosamente utilizando-se das chopines

As chopines eram normalmente produzidas sob blocos de madeiras ou cortiça, onde eram esculpidas a fim de permitir a colocação dos pés já calçados por outro tipo de calçado, estes modelos em alguns casos eram encapados com o mesmo tecido dos vestidos, outrora encapados com couro, brocado e veludo, as ornamentações eram feitas com pedras preciosas e semipreciosa, jóias, ouro e prata, havendo também os modelos que permaneciam apenas em madeira ou cortiça, mas esculpidos artisticamente. Por volta do século XVI, estes modelos começam a ganhar versões com duas partes distintas, uma parte superior (cabedal) flexível unida a um solado pesado e duro (madeira, ou cortiça), está versão do modelo ganhou popularidade entre os cavaleiros e tanto mulheres, quanto homens começaram a utilizar-se destes modelos à equitação.


Imagens e outras informações: http://fabiomarcelo.com/blog/?p=3281


Dados do Autor: Fábio Marcelo Espíndula
Designer de Calçados
Especialista em Criação e Gestão de Moda
Site: http://www.fabiomarcelo.com
Blog: http://www.fabiomarcelo.com/blog
MSN/Orkut: espindula@gmail.com
Twitter: http://www.twitter.com/fmespindula
Youtube: www.youtube.com/fmespindula
Celular: (48) 9975-7000
Autor: Fábio Marcelo Espíndula


Artigos Relacionados


Tipos De Calçados – Ankle-strap

Tipos De Calçados – Plataforma

Tipos De Calçados – Patten

Tipos De Saltos – Cristal Ou Clear

Tipos De Calçados – Sapatênis

Tipos De Calçados – Sabot / Tamanco Holandês / Clog

Tipos De Calçados – T-strap