Saber sobre o concorrente é importante sobre o cliente é fundamental



Ainda hoje as empresas têm dificuldade de identificar seus concorrentes, achando que somente àqueles com produtos ou serviços idênticos são concorrentes, como também não conseguem identificar seus consumidores reais e consumidores potenciais.

Vamos citar alguns mercados e identificar os possíveis concorrentes, que deixam confusos os empreendedores:

Sapatos: seriam só, os fabricantes de sapatos os concorrentes ou, os fabricantes de tênis também, quando se usa tênis, não está usando sapatos, a maior concorrência; e agora com a projeção internacional das sandálias havaianas e outras que estão vindo atrás, as sandálias de couro perdeu um pouco de mercado, como também as botas masculinas e femininas dependendo da região influenciam fortemente no mercado.

Pastelaria: não só outras pastelarias são seus concorrentes, mas todos os que vendem coxinhas, empadinhas, pizza em pedaços quibes, hambúrgueres, e demais salgados, lances ou refeições rápidas.

Lojas de Cristais: todas as lojas de presentes para casamento são seus concorrentes.

Uísque “Old Eight”: todas as marcas como também outros destilados como Vodca, Conhaque, aguardentes (pingas ou bagaceiras), etc.

Sergio J. Cides, no seu livro Introdução ao Marketing, cita, “Concorrente é, todo produto ou serviço que impede o consumidor de comprar seu produto ou serviço, não apenas àqueles idênticos”.

Enquanto as grandes empresas ficam “brigando” entre si para mostrar quem é mais criativo, os pequenos mais ágeis ganham ampliando sua participação no mercado, tais como, cervejas, sabão em pó, refrigerantes, esponjas de aço, etc.; algumas empresas esquecem os desejos e as necessidades de seus consumidores.

Parece fácil identificar seus consumidores, mas é uma tarefa complicada, é ele adulto, criança, jovem, homem, mulher, casado, solteiro, gordo, magro, diabético, hipertenso, rico, pobre, classe média, negro, branco, universitário, trabalhador comum sem instrução, dona de casa que não freqüenta shopping, deficiente, homossexual, evangélico, e onde estão localizados.

Note quantos alvos tem que atingir para vender seus produtos ou serviços; identificar os consumidores reais e os potenciais é um trabalho árduo; os potenciais são os que precisam ser trabalhos obtendo algumas informações tais como: estão comprando do concorrente? por quê? não estão consumindo? por quê?.

Poderá também classifica-los em 3 grupos básicos:
1. Demográficos: (idade, sexo, onde mora, etc.)
2. Psicológicos: (inibido, extrovertido, indeciso, vaidoso, etc.)
3. Hábitos de Consumo: (onde e quando compra, procura preço ou qualidade, etc.)

Com estas informações o perfil dos prospectivos consumidores já está bem definido, é seu público alvo.

Saber o que seu concorrente faz é bom, mas, melhor ainda é cuidar dos seus clientes, pois estes são os que mantêm seu negócio e com lucro.

Autor: Cláudio Raza; Administrador de Empresas, Economista, Contador, Pós-Graduado em Gestão de Pessoas para Negócio, Palestrante, Mestrando em Educação, Administração e Comunicação, com ênfase em Políticas Públicas, Professor Universitário, parceiro do Núcleo de Desenvolvimento Profissional da Câmara Alemã, mais de 35 anos assessorando empresas.
site: www.razaconsulting.com.br e E-mail: c.raza@terra.com.br
Autor: Claudio Raza


Artigos Relacionados


Por Que As Empresas Morrem Precocemente?

Mercado Saturado, Clientes Dispersos O Marketing Faz A Diferença

Produtos De Segunda Linha Ou Marcas Alternativas

Concorrência: Estratégias Para Diferentes Mercados

Composto Promocional

Tema Monografia – SegmentaÇao De Mercado

Falha No Atendimento Pode Comprometer A Receita Das Empresas?