Um detalhe que está em todos os lugares



Ao contrário do que muitos pensam, o Velcro® não é um material só de roupas, bolsas e sapatos; na verdade, trata-se de um item indispensável a qualquer tipo de indústria.

O substituto ideal de botões, cordões, parafusos, pregos e clips para colar, pregar, grampear e costurar. Gruda e desgruda com freqüência. Não desbota nem encolhe. É prático, discreto e resistente. Próprio para plásticos, cerâmicas, mármore, paredes, metais, vidros, papelão, papéis, borrachas, acrílico, vinílicos e madeiras.

“Atendemos desde papelarias, casas de jardinagem e fábricas de materiais elétricos até empresas de informática, automação industrial e telecomunicações”, explica Joselito Araújo, empresário que fundou e hoje administra a Consumer Brasil Sistemas de Fixação Ltda., distribuidora autorizada dos produtos Velcro® no Brasil.

Os fechos são reutilizáveis e resistem a, até, 10 mil aplicações. Além de eficazes e seguros, são acessíveis: estão à venda por R$ 5, encartelados, nos melhores hipermercados e home centers do país. “Hoje trabalhamos, em média, com quatro clientes de ponta”, conta o coordenador comercial da empresa, Marcos Vichietti.



A história
O Velcro® é um sistema de fixação de ganchos e argolas inventado há 68 anos pelo engenheiro suíço George de Mestral. Sua empresa, a Velcro Inc., patenteou o invento pela primeira vez em 1951. O termo Velcro® deriva do prefixo de duas palavras de origem francesa: argola (do francês, velours) e gancho (do francês, crochet).

Hoje em dia, outras empresas nacionais e estrangeiras fabricam o mesmo material, mas o original é importado exclusivamente da matriz da Velcro Inc., em New Hampshire, nos EUA. E, desde 1995, vem para cá através da Consumer Brasil.


Curiosidades
O Velcro® também é útil em outros ambientes, como jardins, já que amarra as plantas melhor do que arames e cordões. Na Fórmula 1, os pilotos não competem sem capacetes e macacões costurados pelos fechos. O mesmo vale para os astronautas da NASA, a agência espacial americana. Prova disso é a cena em que o material aparece no painel da nave pilotada por Tom Hanks no filme Apollo 13 (1995). No Brasil, são reconhecidos pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) desde 2000.

Consumer Brasil
11. 3651-8989
www.consumerbrasil.com.br
consumer@consumerbrasil.com.br
Autor: Luís Martins


Artigos Relacionados


All Star Para Crianças

No Limiar Da Inovação

Tipos De Calçados – Ankle-strap

Tipos De Calçados – Mary Jane / Boneca

Erro Exático

Tipos De Calçados – Monk

Malhas Em Jacutinga