O Jardim Das Oliveiras



Conhecendo o que nos foi possível a respeito de Jesus em seus momentos de suplício no Jardim das Oliveiras, podemos encontrar em nossos anos de existência pontos semelhantes e deles tirar proveito para o desenvolvimento. Cristo permaneceu neste lugar por momentos e, no entanto, ao mergulhar em cada meditação por Ele realizada, parece-nos uma eternidade. O sacrifício final se aproximava e a Ele apenas restou orar e manter máximo contato com o Criador, na tentativa de superar as tentações e assumir definitivamente o papel a que foi destinado: o de Salvador. Aquele que ultrapassou a carne e se elevou ao céu em espírito purificado.

Momentos representaram eternidade e Jesus suportou até ser finalmente preso, julgado pelos sacerdotes do templo, entregue ao poder romano, humilhado, açoitado severamente e crucificado. Todavia, ressuscitado e ao que tudo indica, vivo em muitos corações hoje e eternamente. Eis a sua trajetória: dor, sofrimento, paciência e glória.

Não chegaremos a tanto ao compararmos a nossa vida a de Cristo, o poder que lhe foi concedido e sua missão. Porém, simbolicamente podemos enxergar a nossa vida como uma passagem pelo Jardim das Oliveiras. Anos de provações e privações. Encontros e desencontros, frustrações, agonia e morte. Alegrias e confortos também, mas boa parte do jardim diz respeito às aflições. Tudo em busca do fortalecimento da fé e do crescimento no espírito pelo arrependimento e amor. Não obstante, o desejo de Deus é que nos aproximemos Dele por meio do Jardim das Oliveiras, e não o de sermos infelizes pelos espinhos com os quais nos deparamos ao longo da vida. Ele quer a glória, que só pode ser obtida pelo sacrifício recompensador. Trabalho agora e reconhecimento depois.

A permanência no jardim nos parece enorme e pode gerar a descrença e em algumas ocasiões a desistência. Lembremos com fervor do pedido: Pai, afasta de mim este cálice, se for possível. Pois nele encontra-se a vigilância sobre os desejos que, se evitados, nos conduzem à persistência e à luz espiritual. O Jardim das Oliveiras permite a purificação e o crescimento para se alcançar a plenitude apenas oferecida pelo Criador.
Autor: Armando Correa de Siqueira Neto


Artigos Relacionados


Jardim

A Rosa De Joyce

As Borboletas Voltarão

Deus Nos Concede Tudo De Bom.

Aflição E Glória

Flores

Beijos Modernos