Dicionßrio De Termos Nordestinos ľ Parte 2



BEM-EMPREGADO - Bem-feito! Frase usada para dizer que o castigo foi merecido.

BENÇA Pedido de benção.

BERADEIRO – Matuto, Tabaréu.

BEREU - Zona; baixo meretrício; cabaré.

BESTAR - Bobear.

BEXIGA - Coisa ruim.

BEXIGUENTO - Pessoa que não presta.

BEZERRO - Contração voluntária ou involuntária na vagina, semelhante a um bezerro mamando.

BIBOCA - Beco ou lugar estranho. Lugar apertado, escondido, estreito.

BICA - Calha, canal ou tubo em forma de meia cana para escorrer a água.

BICADA - Dose normalmente de cachaça

BICHINHO - Forma carinhosa de chamar um animal ou uma pessoa pequena ou querida.

BICO - Chupeta.

BIGU - Carona, condução gratuita.

BIJU - Beiju. Guloseima feita com massa de mandioca. Há quatro tipos: capeado (fino e seco), malcasado (mais consistente), molhado

e sarolho (salgado, seco e solto).

BILA - Bola de gude.

BILOTO - Botão.

BIMBA - Pênis de criança. Pênis pouco desenvolvido.

BIQUEIRA - Calha para escorrer a água da chuva.

BIQUEIRO - Que come pouco.

BIRIMBELO – Qualquer coisa

BISCATEIRA - Prostituta.

BISNAGA - Pão comprido de forma cilíndrica e com as pontas finas.

BOCA DE SIRI – Caladinho, Na moita.

BOCA QUENTE - Lugar perigoso.

BOCA-BANCA - Atitude boçal.

BOCA-DE-SUBACO - Pessoa muito calada, bicho do mato.

BOCA-DE-TRAMELA - Pessoa que fala muito.

BOÇAL-BANQUISTA - Pessoa pedante.

BOCAPIO - 1. Sacola grande feita com palha. 2. Atraso na vida. Pedir esmola.

BOCÓ - Bobo, tolo.

BODOSO - Bacana, arrumado.

BOGA - Ânus.

BOGAR - Surgimento de uma bolha na pele.

BOI - Menstro (A mulher tá de boi, menstruada).

BOLA DE ASSOPRO - Balão, bexiga. Bola de gás usada em decorações de festas.

BOLA DE MARRAIA - Bola de marraio. Bola de gude. Bolinha de vidro usada pelas crianças para brincar.

BOLA DE MARRAIO - Bola de gude. Bola de vidro usada pelas crianças para brincar.

BOLACHA DE GOMA - Saquarema. Biscoito, achatado e seco, feito com polvilho.

BOLACHÃO FOFO Biscoito feito com farinha de trigo, açúcar, sal e margarina.

BOLACHÃO SECO - Biscoito feito com farinha de trigo, açúcar, sal, margarina, leite de coco, canela em pó e cravo moído.

BOMBA DE BREU - Artefato pirotécnico usado nas festas juninas.

BORA - Vamos embora.

BOTAR - Colocar, pôr.

BOTAR BANCA - Considerar-se superior, exibir-se, vangloriar-se.

BOTAR CABRESTO - Controlar alguém.

BOTAR CANGA - Dominar, oprimir alguém.

BOTAR NO MATO - Descartar, jogar fora.

BOTAR QUENTE - Agir ou falar com firmeza.

BOYZINHA – Moça nova

BRANCHUR - "Filosofo" muito citado no Ceará.

BREADO - Melado, sujo.

BRECHAR - Espiar, espionar, espreitar.

BRECHEIRO - Indivíduo que observa pelo buraco da brecha, da greta ou da fechadura.

BREFAIA - Bagulho, porcaria.

BREGA - Meretrício. Prostíbulo. Zona.

BREGUESSO (BREGUÉSSO) - Objeto sem valor.

BRENHA - Lugar longe de difícil acesso.

BRIBA - Pequena lagartixa.

BRIDE Brida, rédea. Ferro colocado na boca do animal.

BROCA DO ZUVIDO (bró) Pé do ouvido

BROCHA - Tachinha. Prego pequeno, de cabeça larga e chata, usado para consertar calçados.

BRÔCO - Amalucado, abobalhado, desorientado, esclerosado.

BROCOIÓ - Pessoa boba, otário, demente.

BRONQUEIRO – Pessoa que gosta de confusão

BRUGUELO - Criança pequena.

BUCHA - Comida que alimenta pouco, mas pesa na barriga.

BUCHADA - Comida feita com intestinos de bode, cabrito, carneiro ou ovelha.

BUCHO - Barriga. 2. Pessoa muito feia.

BUCHO CHEIO - Barriga com bebê 2. Barriga cheia de comida ou bebida.

BUCHUDA - Gestante.

BUFA - Peido que não faz barulho.

BUJÃO – Niple (Plug). Peça de metal ou plástico usada bloquear a boca do cano.

BULIDA - Mulher que perdeu a virgindade.

BULIR - Aborrecer, brincar, caçoar, incomodar. 2. Agitar, mexer, tocar em algo.

BULIÇOSO - Pessoa que mexe em tudo (não passa um minuto sem mudar o canal da televisão, a sintonia do rádio, etc.)

BUNDA CANASTRA – Maria escombona, Virar de ponta cabeça.

BUNDEIRA - Mulher que prefere o coito anal (dar a bunda).

BUNEQUEIRO - Quem bota boneco (ver "butar buneco").

BURACAJU - Apelido dado à cidade de Aracaju quando está com muitas ruas esburacadas.

BURRINHO - Garrafa de Coca-Cola cheia de cachaça.

BUSCA-PÉ - Artefato pirotécnico, preso a uma pequena haste de madeira que sai em ziguezague rente ao chão até estourar.

BUTAR BUNECO – Aprontar.

BUTICO – Ânus

CABEÇA-DE-FRADE - Obstáculo de cimento em forma de meia bola para impedir o trânsito.

CABEÇA-DE-PREGO - Furúnculo.

CABELUDO - Pão-doce feito com coco.

CABRA - Qualquer Indivíduo. Indivíduo destemido, provocador ou valentão.

CABRA DA PESTE - Indivíduo destemido, provocador ou valentão.

CABRA SAFADO - Indivíduo de atitudes incorretas.

CABRA-MACHO - Indivíduo destemido, provocador ou valentão.

CABRUNCO - Carbúnculo. Coisa ruim.

CABRUNQUENTO - Coisa ou pessoa ruim.

CABUÊTA – Dedo duro.

CAÇADOR DE ANDRÓIDE - Indivíduo que tem relações sexuais com homossexuais.

CACETE-ARMADO - Bar ou restaurante pequeno com pouco asseio e de baixíssima qualidade.

CACETINHO Biscoito de forma cilíndrica como um dedo.

CACHADO Cacheado. Cabelo ondulado.

CACHETE (ché) Carretel com linha de costura. Retrós.

CACHIMBEIRA – Parteira

CAÇOAR Zombar.

CAÇUÁ Cesto grande feito de bambu, cipó ou vime usado no transporte alimentos ou animais pequenos colocado no lombo de

animal de carga.


Autor: Nilson Maranhao Moreira


Artigos Relacionados


Gest´┐Żo De Armaz´┐Żm

Saudade

10 Poderosas Palavras Que Vendem Valor

A Log´┐Żstica Como Diferencial Competitivo

Com Tudo E Sem Voc´┐Ż

Lbv Em Po´┐Żos De Caldas Realiza Entrega De Certificados Dos Cursos De Inform´┐Żtica E Maquiagem

Tu Tens Valor!