O PREÇO DA FALTA DE LIQUIDEZ



Liquidez é um fundamento importante nas finanças de empresas, pessoas e famílias.

O que é LIQUIDEZ?

É a capacidade que um bem ou direito têm para ser convertido em dinheiro ou para ser aceito como meio de pagamento. Aquilo que é aceito como pagamento sob condições é pouco líquido. Tiquet de supermercados é pouco líquido porque é restrito àqueles supermercados conveniados. Aquilo que leva mais tempo para ser convertido em dinheiro é pouco líquido. Um imóvel é menos líquido do que um carro. E menos ainda se for rural. O papel moeda é um bem plenamente líquido. Na verdade, o dinheiro é a própria liquidez. Ele possui o instituto do "curso forçado" pelo qual ninguém pode se negar a aceitá-lo como pagamento.

A falta da liquidez sujeita as pessoas ao endividamento forçado comprometendo o poder aquisitivo da renda familiar. Ou pode acarretar perda patrimonial. Ou pior ainda, as duas coisas juntas. Um fato comum é a contratação de um consórcio em que o consorciado acaba se endividando para pagar as últimas prestações ou vendendo sua cota com deságio*. Vale ressaltar que o deságio* de consórcio de veículos é em torno de 50 a 60%. No caso de imóveis pode ser até maior.

Deve-se analisar bem a operação, levando-se em conta o prazo a ser contratado para que a real capacidade financeira seja o norte na tomada de decisão.

Um portador de futuro se mantém atento à sua liquidez para não trabalhar e ver o resultado do seu trabalho no bolso dos outros.

*Desconto aplicado sobre o bem vendido com vantagem para o comprador.

Francisco de Lima Gomes

f_l_gomes@terra.com.br

Publicado no Blog:
http://portadoresdefuturo.zip.net
 
Visite a  comunidade do Orkut:
PORTADORES DE FUTURO

Autor: FRANCISCO DE LIMA GOMES


Artigos Relacionados


Marcas De Um Amor

Perguntas...

Artimanhas

Ilhado

Revertendo Feed Back Negativo

Sufocamento

Sonhos...